Barra: Apontado pela morte de pediatra é preso; acusado está sendo ouvido


Foto: Arquivo Pessoa

O homem apontado como autor da morte do médico pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, de 44 anos, na cidade de Barra, no Sudoeste baiano no último dia 23 (relembre), foi preso nesta segunda-feira (27). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), também foram apreendidos a motocicleta e o capacete utilizados no dia do crime. O homem está sendo ouvido na Delegacia Territorial de Barra.  

Ainda de acordo com a pasta, a prisão foi realizada por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Barra, com apoio de equipes da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Irecê) e da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (CATI/Depin). O suspeito foi localizado em uma residência. 

RELEMBRE O CASO 

As investigações apontam que o pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, pode ter sido morto após ele ter informado a uma família que uma criança atendida por ele teria sofrido abuso sexual (veja aqui). No último dia 23, um homem armado entrou no posto em que o médico atuava, invadiu a sala de Júlio César e atirou quatro vezes. A esposa do pediatra, que é enfermeira; dois funcionários e uma criança estavam na sala de atendimento

 Câmeras de segurança registraram o momento do crime, que assustou as pessoas que estavam na recepção. O corpo de Júlio César foi enterrado na sexta-feira (24) em Xique-Xique, no Centro Norte baiano, terra natal do médico.